Humanidade atual

O texto abaixo foi publicado no dia 29/06/2006, no Jornal Todo Dia:

No silêncio da minha alma tento esclarecer idéias que ao passar dos dias tornam constantes os fatos que pertubam e acabam despertando um outro sentimento, a revolta.
Refletir sobre o ser humano é como tentar fazer sexo em pé em cima da rede. Mesmo sendo um ser humano mais com pensamentos diferentes, não consegui esclarecer a verdadeira face do homem, pois Deus nos deixa bem claro em seus mandamentos a necessidade do amor.
Hoje, o que vemos são olhos cheios de sangue em meio a dificuldades e leis criadas por nós que acabam sendo mais um desafio para humanidade. Não conseguimos acertar e sim queremos um reembolso por nossas atitudes. Gestos como a simplicidade, autenticidade, amizade e fraternidade vivem em discussões por não sabermos adotar esses adjetivos. Somos pagos pela justiça, mais nunca pagamos o que devemos para com ela. A justiça de Deus não cobra nada, mais também não é seguida. E o que queremos é continuar no modo capitalista de se viver, atrás de notas de papel e de uma política agressiva ao nosso censo crítico e a nossa cultura.
De um modo mais expansivo deste assunto podemos comparar o ser humano como o universo, sendo abrangente, espaçoso, mais vazio.
Cenas que se passam no dia-a-dia acabam na frase “quando isso irá ter fim”. Será que a tal guerra civil começou: morte, violência, fome, apagão. Serão esses os sinais desta guerra? Não vejo o que temer, pois diz um sábio provérbio que “urubu na guerra é galinha”. Os ovos de ouro – o dólar – um dia serão nossos próximos ovos a serem chocados, e iremos parar de botar ovos chocos como o real. Aí, o galo do FMI irá, de uma vez por todas, dominar o galinheiro.
É forçoso arrancar o ser das sombras formadas pelo desconhecimento de si próprio e levá-lo para o conhecimento que haverá de iluminar sua realidade. De um ser destinado a esterilizar-se numa vida sem projeções, surgirá o verdadeiro ser, consciente de sua missão e de tudo quanto pode realizar em cumprimento dos altos designos que o Criador lhe assinalou. Francisco Alexandre Vieira
Hortolândia

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s